Dr. Wilson Aguiar Urologia Urologista

Câncer de bexiga

A+ | A-

O câncer de bexiga é a quinta causa de morte em homens acima de 75 anos, estando fortemente ligado ao tabagismo. A maioria dos tumores vesicais é de uma variante chamada de tumores de células transicionais, que pode ser superficial ou infiltrativa na camada muscular da bexiga.

 

O diagnóstico pode ser suspeitado em pacientes com história de hematúria (sangramento na urina) e confirmado com exames de imagem (US e TC) e cistoscopia, que na verdade é uma endoscopia realizada na bexiga.

 

O tratamento depende da presença ou não de invasão da camada muscular da bexiga.

 

Nos casos de tumores superficiais realiza-se a ressecção endoscópica da lesão, acompanhada ou não de quimioterapia local. Naqueles pacientes com tumores invasivos, indica-se a realização de uma cirurgia de maior porte, que consiste na retirada total da bexiga (cistectomia) com reconstrução do trato urinário utilizando-se segmentos intestinais.